Lâminas de Honra, jogo online de romance!
Email: Senha:

    A HISTÓRIA REAL...

       No final de 1862, a situação do Japão começou a ficar mais difícil. Samurais passaram a renegar o seus clãs e se reunirem contra o      governo do Xogunato, o qual existe desde o século XII, passando o Império para herdeiros de geração em geração. 

        Em 8 de julho de 1853, uma esquadra arma de Matthew Perry vindo dos EUA, para o porto de Edo (atual Tóquio), fazendo um tratado  entre Estados Unidos e Japão, para que abrissem os seus portos para a exportação e importação, ( comércio marítimo),  iniciando assim uma cadeia de eventos que levariam ao fim do Bakufu no Japão. (Bakufu, forma japonesa de dizer Xogunato) O responsável em realizar as negociações com os EUA foi o presidente do conselho dos veteranos Abe Masahiro (1819-1857). Sem nenhum precedente para as negociações, Abe tentou conciliar as vontades divergentes do conselhos dos veteranos, que queriam abrir negociações, do Imperador, que queria manter os estrangeiros fora, e dos dáimios (senhores feudais), que queriam ir à guerra. Perry acreditando que os japoneses não iriam fazer as negociações para as exportações disse que iria entrar em guerra usando bombas. Então Abe decidiu favorecer os acordos americanos, permitindo assim abrir o Japão ao comércio estrangeiro, contanto que ao mesmo tempo fosse feita uma preparação militar. Sabendo disso um grupo 20 espadachins foram para Kyoto, capital da época, alistá-se, entre eles estavam Serizawa, Kondou, Hijikata, Okita, Sanosuke, Shinpachi e Heisuke. Inoue aparece depois com o seu grupo Hachioji Sennin Doushin e Saitou chega sozinho no dojo, quando soube que Kondou e Hijikata iriam se torna soldados. Como o chefe desse grupo começou a fazer ações ilícitas o grupo se separou e dos 20,13 foram os que formaram o Shinsengumi. 

Os estrangeiros começaram a ocupar a parte oeste do Japão e um porto em Edo, que hoje em dia é Tóquio. Bem, eles começaram a fazer o que bem entendesse e os japoneses não estavam gostando. Haviam vários feudos como Takeda e Hoshida que existiam desde o período Senkogu, 1416, eram como se fosse governadores hoje em dia e o Tokugawa o presidente.

Então alguns clãs feudais resolveram começar uma revolução para expulsar os estrangeiros do pais, derrubar o imperador e colocar outro. Dentre esses clãs estavam: Takeda, Tosa, Satsuma e Choshu. O clã Aizu era a favor do imperador o apoiando, foi esse clã que patrocinou o Shinsengumi em Kiyoto, que passaram a defender a cidade de ronins (samurai sem um feudo), assassinos, ladrões e comércios ilegais.

   

  ENREDO DO JOGO

   Uma garota nasceu com uma pérola poderosa no corpo. Um dia ela volta para casa e encontra uma criatura que quer tomá-la para si. Ele é o Kuroryuu (dragão negro), então um deus bom aparece e a ajuda, o deus Hakuryuu ( dragão branco). Ele a envia para o passado, porque no presente não existe lugar para se esconder, o Kuroryuu sempre irá encontrá-la.

Então, em 1983, essa garota conhece o Shinsengumi, que no começo de sua carreira são chamados de Roshigumi,  que eram responsáveis por assuntos de menos importância, como roubo e contrabando, porque os de maior relevância o exército imperial era quem cuidava. O Shinsengumi era uma espécie de polícia da época.  

Devido as roupas da heroína serem do futuro, eles pensam que ela é uma estrangeira. E como ela estava escondida achando que era o Kuroryuu, eles pensaram que ela os espionava. Então além de ser estrangeira ela é uma espiã para eles. 

 Você é a garota que volta ao passado, seu objetivo é conquistar os rapazes do Shinsengumi e convencê-los de que não é uma revolucionária que está contra o governo. 

E quem sabe viver uma linda história de amor?